sexta-feira, 30 de julho de 2010

UNICEF começa vacinação de 500 mil crianças no Haiti



O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) está iniciando a segunda fase de uma campanha de vacinação no Haiti. Desta vez, o Unicef espera alcançar cerca de 500 mil crianças e adolescentes: quase o dobro do número de pessoas imunizadas na primeira fase do programa.

O coronel brasileiro, Fernando Pereira, contou à Rádio Onu, de Porto Príncipe, que a campanha deve ajudar com os trabalhos de profilaxia necessários durante a estação de furacões.

"A grande importância desta campanha do Unicef – disse o coronel – é a imunização, para evitar a contaminação por agentes transmissores das doenças que se multiplicam com água parada, durante a estação de fortes chuvas e de furacões, que é a estação que estamos vivendo agora."

As vacinas devem ajudar a prevenir doenças como difteria, tétano, coqueluche, sarampo, rubéola e poliomielite.

Cerca de 800 mil crianças no Haiti estão vivendo em barracas improvisadas, em áreas sem saneamento básico ou água potável. De acordo com o Unicef, existem poucos países onde as crianças vivam em situação tão precária como no Haiti.

Em 12 de janeiro passado, o Haiti foi abalado por um forte tremor de terra que matou mais de 200 mil pessoas.

Fonte: catolicanet.com

Um comentário:

  1. Prezados,

    Ótima notícia, mas não é permitido utilizar a logo do UNICEF.

    ResponderExcluir